Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

… para as pessoas (as 4 ou 5 que ainda aqui vêm) não se assustarem com a electrificação do post abaixo.

 

Read Full Post »

eu estou cá

Assim,

grito

mas cá…

Read Full Post »

espreitadela

vinha aqui dizer qualquer coisita, mas não. afinal não me apetece.

(e tenho uma série delas para escrever)

Read Full Post »

mode revolution

ON!

Abril

Read Full Post »

Postas da sociologia nocturna

Claro que é muito agradável pegar num livro norte-americano e na sua abertura encontrar uma citação de Saramago. Uma pessoa fica logo muito melhor apesar de ser quase uma da manhã. 🙂

“The circumstances create the need, and the need, when is great enough, creates the circumstances”.

José Saramago

Read Full Post »

Abriladas (cont.)

Todos os Rios Vão dar ao Carmo!

Eu vou!

rios_imagem-ab

“Na noite de 24 de Abril saltam rios de vários pontos da cidade. Vários rios de gente que quer estar na rua neste dia – em vez de estar sozinha em sua casa – e que, com panelas, instrumentos, pancartas, vozes e vontades, desaguam no Largo do Carmo.

Não é por acaso que queremos regressar a este sítio. Não só porque faz 40 anos que este largo se encheu de gente que não obedeceu às indicações de ficar em casa do Movimento das Forças Armadas, mas também porque queremos viver e reclamar o espaço público.

Para estes rios existirem, terão de ser criadas nascentes. Pega em ti e nos teus amigos, no teu grupo musical, no teu colectivo ou na tua equipa de atletismo, fala com outras pessoas, pensa num ponto de encontro, organiza o teu percurso.

Participa, traz as tuas ideias e vontades, instrumentos, comida, bebida e um saco do lixo.”

Mais informações aqui.

Read Full Post »

Abril

Abril

(imagem surrupiada aqui)

(Banda sonora aqui)


					

Read Full Post »

Postas da sociologia nocturna

(se este blog usasse as categorias esta seria uma nova)

É reconfortante, pelo menos dá-me mais segurança, perceber que afinal o meu débil inglês não é assim tão débil quanto isso.

Ando com um paper que o meu orientador, queriduxo como só ele sabe, me deu há bastante tempo e ainda sem o ter publicado. Foi originalmente escrito em inglês. Li-o o várias vezes. Nunca o consegui perceber. Pensei que era do inglês.

Hoje, andava eu aqui a ler mais umas coisas numa obra mais recente que ele organiza com outros autores, e lá estava, grande parte desse texto, a parte substancial do mesmo, a tese que defende, ali pregada com as mesmas palavras ipsis verbis, desta feita escrita em português. Quando comecei a ler aquilo tive aquela sensação de deja vu, melhor dito, deja lu. Eu já tinha lido aquilo. No fim acabei na mesma. Entendi exactamente o mesmo e conclusão: não o consegui perceber.

O que dizer então sobre isto?

Hipótese A (a optimista): O meu inglês não é assim tão mau, o tipo é que não se sabe explicar.

Hipótese B (a pessimista): O problema sou eu que não chego lá.

Hipótese C (a realista): Talvez nem ele próprio entenda muito bem o que escreveu ali…

Estou bastante inclinada a achar que esta terceira é bem capaz de ser empiricamente verificável. Em breve terei oportunidade de a testar.

ahahahahahahahah (entoar de forma maquiavélica)

Read Full Post »

coisas da net…

Depois do vídeo intitulado ‘First Kiss’, e do qual aqui dei nota, se ter revelado parte de uma estratégia de marketing de uma empresa de roupa, muitos foram os vídeos realizados a parodiar a coisa.

Eu por acaso não retiro ao video o mérito por ter por de trás interesses comerciais. Acho que o que revela é que nós criaturas humanas conseguimos ser mais do que exterminadores de espécies, senhores da guerra, vendilhões do templo, etc, etc, etc. O vídeo mostra que também somos criaturas bonitas quando queremos.

Bem, mas voltando aos vídeos que parodiam o tal outro video que postei aqui, eis que estas senhoras resolveram fazer o seguinte:

Igualmente muito bom 🙂

Read Full Post »

nausea

Cheira a mofo e a putrefacção neste país.

(Post dedicado aos 112, mais aos 4 abstencionistas e mais aos outros que convenientemente foram passear. Parabéns a todos. Devem estar muito orgulhosos por Portugal continuar ao lado de países como a Roménia ou a Ucrânia em matéria de direitos humanos. Por isso mesmo e não só como também, esta musiquinha é vos dedicada com todo o carinho do meu fel.)

Read Full Post »

Older Posts »